Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Janelas com Vida

por amorlíquido, em 24.04.20

IMG_3112.PNG

(Lisboa, Santa Apolónia)

 

O tempo com tempo vai ensinando

que nos despedaçamos para que outros permaneçam intocáveis

que choramos pelo medo de não ser

sem ainda saber que essência perseguir.

Batemos a porta da alma 

e nesse mundo permitimo-nos ser

algo

alguém

desconhecidamente só nosso.

 

O tempo ensina 

aos poucos

que fugimos de quem não queremos

para abraçarmos quem nunca nos quis.

Mas há tempos e tempos. Se há.

Somos tempo e do tempo

entre a infinitude de um espaço imensurável

e a efemeridade de uma qualquer existência.

Na distância vivemos

ou sobrevivemos

somos ou vamos sendo o que nunca foi de nós.

No entretanto tudo acontece

aquém das raízes da imaginação

muito além das paredes onde nos escondemos

para não sentir a dor

de ser indefinido.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D