Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Bem me quer, será que sim?

por amorlíquido, em 31.03.20

As pupilas dilatadas, o coração acelerado numa ansiedade que se faz sentir em crescendo, convergindo num incómodo quase certo que não permite dormir nem relaxar. Recordam-se os sorrisos cheios, os olhares cúmplices de quem é principiante na matéria estudada. Talvez o sejamos sempre a cada nova etapa. Nessa realidade sonhada, os abraços interrompem o sossego, tal como as nuvens que colocam em pausa o calor estridente do sol. 

Notam-se os cabelos desalinhados, a cor dos lábios envergonhados, o tom da pele escondida entre camisas impecavelmente engomadas. Os jeitos da voz, num concerto a que assisto gratuitamente. Sinto os aplausos dentro do peito e impeço-os de se fazerem ouvir, pelo medo, talvez tolo, de ser como todas as outras plateias extasiadas pela arte singular do que vislumbro. 

Quem sabe, o meu erro foi querer ser um foco de luz num poema às escuras onde havia somente espaço para as sombras que se vestiam de nu.

Se isto não é amor, então não sei o que é.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D